A embreagem é o mecanismo utilizado nos automóveis para transmitir a rotação do volante do motor para as engrenagens da caixa de velocidades que, por sua vez, irá desmultiplicar essa rotação.
A transmissão entre o volante e a caixa de velocidades dá-se através da pressão do disco de embreagem contra o volante do motor. Quando o disco está fixado contra o volante, a força de aperto deverá ser suficientemente grande para não permitir deslizamentos entre as duas superfícies – patinagem.
Tipicamente uma embreagem é mudada entre os 120.000km e 180.000km, mas dependendo do estilo de condução poderá gastar-se ao fim de apenas 40.000km. Por vezes, também é necessário usinar o volante motor.

Trânsito pesado, forma como o motorista dirige e topografia da cidade influenciam no desgaste da embreagem. A embreagem é um dispositivo formado pelo disco, platô e rolamento, que fica localizado entre o motor e o câmbio e que se movimenta para gerar força e pressão, permitindo o acionamento do engate das marchas. São peças de desgaste, assim como a sola do sapato, e basta ligar o veículo que elas entram em ação para que o motorista dê a arrancada. Essa engrenagem também envolve outros componentes periféricos como molas e anéis de atrito, todos se movimentam quando a embreagem é acionada.

Diagnóstico: Pedal da embreagem alto e/ou duro (pesado), veiculo perde força, aumento consumo de combustivel, trepidação ao sair com o veiculo.